16 maio. 18

Vazamento de gás: o que fazer

O vazamento de gás é um grave problema e que deve ser corrigido o quanto antes. Enquanto isso pode ser um problema fácil de resolver em residências com botijões de 12kg, em apartamentos com tubulação de gás o problema pode ser bem mais perigoso.

O gás usado na maioria dos imóveis pode causar muitos problemas, em alguns casos a explosão não é o maior risco. Confira um pouco mais sobre o vazamento de gás e o que você deve fazer.

Os principais riscos do vazamento de gás

O Gás liquefeito de petróleo (GLP) é o mais utilizado no Brasil, chamado de “gás de cozinha” ou simplesmente “botijão de gás”. Na maioria das residências o gás é usado em botijões de 12kg, em alguns casos, onde há mais demanda, são usados botijões maiores, de 45kg e até maiores.

Geralmente, nestas situações o gás é transportado para o fogão ou forno através de mangueiras curtas especiais para este tipo de material.

Já em prédios, restaurantes, centro metropolitanos maiores e prédios residenciais, é possível que o gás chegue até o destino final através de tubos de cobre.

Em todos estes sistemas é possível que haja um vazamento. E como todo mundo já sabe, estes são vazamentos perigosos.

Curiosidade: Você sabia que gás GLP e o GN (Gás Natural) usado nos botijões não possuem cheiro? Na verdade, o cheiro de enxofre (bem parecido com ovo podre) é colocado artificialmente para alertar sobre um possível vazamento.

O risco mais óbvio de um vazamento de gás é a explosão. Quando se cria um bolsão de gás (ambiente onde o gás vazou por muito tempo), qualquer pequena faísca ou fonte de calor é capaz de criar uma explosão.

O simples acender de uma lâmpada ou o ligar de um eletrodoméstico é capaz de fazer o gás entrar em combustão.

Outro risco direto à saúde é o envenenamento. Apesar de não ser tão agressivo quando o gás carbônico ou o monóxido de carbono, o GLP também pode prejudicar o sistema respiratório após longas exposições.

Quando respirado por muito tempo, o gás de cozinha pode causar náusea, vômitos, desorientação, irritação respiratória e em casos mais graves arritmia cardíaca e falha do sistema respiratório.

A intoxicação por GLP deve ser tratada em hospitais.

Vazamento de gás: o que fazer

Por ser incolor e não fazer nenhum barulho, primeiro sinal de vazamento de gás será o cheiro. A primeira coisa a se fazer, principalmente se o ambiente estava fechado por muito tempo, é abrir todas as janelas e portas possíveis.

O gás tem que circular e sair do ambiente, eliminando o risco de qualquer acidente ou explosão.

Lembrando que você nunca deve acender a luz, ligar eletrodomésticos ou abrir qualquer tipo de chama. O acúmulo de gás é altamente explosivo, e qualquer uma dessas ações pode ser fatal.

Após abrir as janelas e portas para deixar o ar ir embora, é preciso fechar a válvula por onde o gás está escapando. Nos botijões é a famosa “torneirinha do gás” localizado logo acima do botijão.

Em sistemas com tubulação de cobre, é preciso encontrar o registro geral da casa e desliga-lo. Se não houver registro, comunique o administrador do imóvel para que ele realize o desligamento da alimentação de gás.

Com o registro desligado e o ar circulando para eliminar o gás, o próximo passo é tentar encontrar o vazamento.

Como encontrar um vazamento de gás

Em tubulações de cobre é possível procurar pelo vazamento de gás a olho nu. O método mais recomendado é com o uso de uma esponja com água e sabão para ir molhando os canos.

Ligue a válvula de gás e vá passando água com sabão nos tubos de cobre, formando bastante espuma. Onde houver vazamentos vai ser possível ver a espuma sendo “assoprada” ou borbulhando.

Ao encontrar o local, vede o vazamento com fita isolante -temporariamente-. Este não é um procedimento que deve ser considerado um conserto definitivo. É apenas uma medida de segurança e de marcação.

Após identificar o vazamento é preciso contratar um serviço profissional de reparo em cobre. Este procedimento não deve ser feito de forma amadura nunca, pois além de não garantir a segurança da tubulação, ainda pode danificar os canos.

Porém, é difícil conseguir achar o vazamento com precisão. O mais recomendado é entrar em contato com a Esgotecnica Caça Vazamento para encontrar vazamentos de gás em São Paulo e região.

Nós realizaremos um teste de estanqueidade com ferramentas profissionais e precisas que apontarão onde está o vazamento. Nossos profissionais treinados podem fazer uma leitura das informações e garantir 100% de precisão.

Além disso, oferecemos serviços de reparo com toda a segurança que você e a sua família merecem.

Entre em contato com a Esgotecnica e confira mais sobre nossos serviços e procedimentos. Aqui você encontra exatamente o que precisa.