09 fev. 21

Aplicação de resina na tubulação de gás: como funciona

 

Como uma empresa de caça vazamento de gás em São Paulo com décadas de experiência na área, temos lidados com situações diversas, providenciando sempre a melhor solução ao cliente. Neste post, explicamos a você como funciona a aplicação de resina na tubulação de gás, um método que oferece excelente custo benefício e garantia de que o problema foi resolvido!

 

Caça Vazamento de Gás em SP

 

Diferente de uma simples mangueira conectada do botijão ao fogão residencial, quando você percebe facilmente que o gás está vazando devido ao cheiro forte da mercaptana, as tubulações se encontram ocultas no solo e atrás de paredes. 

 

Por isso, antes da aplicação de resina na tubulação de gás GLP propano e butano, primeiro é preciso realizar alguns testes, de modo a identificar o vazamento e também conferir se os tubos de cobre oferecem a resistência mecânica necessária. Para isso, quando nossos técnicos chegam ao local onde suspeita-se de que exista gás vazando, fazemos o teste pneumático nas tubulações.

 

Aplicação de resina na tubulação de gás

Seja em um condomínio ou empresas em geral, o primeiro passo antes da aplicação de resina em tubulação de gás é o teste de estanqueidade, o qual visa detectar vazamentos por menores que sejam, feito com um manômetro de coluna d’água. Uma vez que foi, de fato, constatado o vazamento, e após o teste de estanqueidade citado mais acima, agora sim o especialista vai aplicar a resina selante para gás, a qual é inserida a partir da parte inferior até a superior de toda a tubulação. 

 

Essa aplicação de resina na tubulação de gás leva, em média, meia hora, sendo o tempo necessário de espera para que o polímero selador consiga penetrar em todas as áreas de vazamento e, assim, selá-las por completo. Vale lembrar que, caso a tubulação não passe no teste inicial, ou seja, verifique-se que não é resistente o suficiente para receber a resina seladora, nossos técnicos lhe informarão a respeito da solução para o problema. 

 

As etapas seguintes envolvem:

 

  • despressurização dos tubos
  • remoção dos excessos da resina para tubulação de gás
  • limpeza completa das tubulações, aplicando a espuma PIG (Pipeline Inspection Gauge) e secagem

 

Para encerrar o processo de aplicação de resina na tubulação de gás, novamente é necessário que o técnico realize um novo teste de estanqueidade, certificando-se, assim, que não existe mais vazamento algum. Por fim, com o serviço realizado, faz-se a emissão do Termo de Responsabilidade, liberando o uso das tubulações uma vez que não existe mais nenhum risco associado às mesmas.

 

Conte com nossos serviços!

 

Agora que você já sabe como é o procedimento pelo qual se aplica a resina para selar tubos de gás, conte conosco e entre em contato caso esteja suspeitando do problema. Oferecemos atendimento a qualquer hora, todos os dias da semana, com uma equipe de técnicos especializados e experientes de plantão.

 

Ligue em nosso telefone ou fale com a gente por whatsapp e saiba mais a respeito da aplicação de resina na tubulação de gás em São Paulo e região, feita por uma empresa de caça vazamento credibilidade e confiança!