Caça Vazamento de Água

04 jun. 20

Caça Vazamento de Água: tudo o que você precisa saber sobre vazamento

Os vazamentos de água e esgoto são problemas graves em qualquer instalação hidráulica. No entanto, são também problemas comuns que podem afetar um imóvel de diferentes maneiras e causar graves prejuízos.

Os vazamentos de água também podem vir da água natural entrando pela estrutura do imóvel, algo comummente chamados de “infiltração”. Esses são problemas graves de serem resolvidos por causa da dificuldade em conseguir identificar a origem desse tipo de vazamento.

Os problemas que causam vazamentos de esgoto são problemáticos por causa dos muitos riscos à saúde, já que os dejetos desse tipo de encanamento podem contaminar o solo e as pessoas que estão no ambiente.

Sem contar o odor desagradável que é liberado por esse tipo de vazamento.

Além do dano estrutural, o vazamento de água limpa traz um grande prejuízo. Como toda água que passa pelo cavalete (registro de água) é cobrada, um vazamento pode desperdiçar uma grande quantidade de dinheiro no fim do mês.

É literalmente dinheiro jorrando pela torneira. Por isso, a identificação e solução desses problemas é essencial para evitar problemas financeiros e surpresas desagradáveis.

E claro, a água é um dos bens mais preciosos da natureza e recentemente apresentou sinais críticos de escassez. Portanto, o combate aos vazamentos protege não apenas o seu imóvel e o orçamento mensal, mas também a natureza e o futuro do meio ambiente.

Confira mais sobre os tipos de vazamentos, infiltrações, como esses problemas são detectados e resolvidos. Ainda mais importante, saiba também porque a Esgotecnica é a sua melhor opção de caça vazamento e reparos.

Quais os principais tipos de vazamentos

Existem diferentes tipos de vazamento que podem acontecer em diferentes ambientes. Os mais comuns no dia a dia são os vazamentos de água limpa e os de esgoto. Esses acometem principalmente o sistema hidráulico interno e possuem uma difícil identificação.

No entanto, existem também os vazamentos de água externa para o ambiente interno, como da laje para dentro de casa. Há também os vazamentos em caixas d’água e também os que acontecem em piscinas.

O importante é que saber identificar cada um desses problemas para saber quando chamar a ajuda necessária para evitar dores de cabeças e, principalmente, o retrabalho por causa de uma solução ineficiente.

Com isso em mente, a Esgotecnica Caça Vazamento está trazendo para vocês alguns dos principais tipos de vazamentos encontrados no dia a dia, com as suas próprias peculiaridades que indicam que o problema está no local.

Vazamento de água limpa

O vazamento de água limpa é problemático por diversos motivos. Primeiro porque estamos desperdiçando um dos principais produtos para a saúde humana, depois, há os grandes custos no final do mês, já que toda essa água é cobrada.
Vazamento de Água Limpa

O grande problema do vazamento de água limpa é que os canos, quase sempre, estão dentro da laje ou então escondidos na parede ou no solo. Isso dificulta consideravelmente a detecção do vazamento, porque é necessário notar alguns detalhes pequenos, ou então ficar de olho nas contas.

Muitas vezes o primeiro sinal do vazamento de água limpa está na conta do serviço de água, que costuma a subir sem nenhuma explicação e sem o aumento no consumo real. Geralmente, é esse o motivo que faz as pessoas procurarem por serviços de detecção de vazamento de água.

Esse tipo de defeito também pode causar prejuízos estruturais, já que a água pode acabar causando erosões em paredes, desmanchando o concreto da alvenaria, manchando a pintura, causando bolor.

Em alguns casos, se o vazamento durar muito tempo, é possível que tijolos sejam desfeitos. Caso seja um vazamento no solo, é possível que parte da estrutura ceda com o tempo.

Por causa desses motivos, é muito importante sempre ficar de olho em qualquer sinal de vazamento e qualquer mudança estranha no acabamento de um imóvel, desde manchas na parede até pisos soltos.

O vazamento de água limpa pode até ser considerado um problema comum, já que com o tempo os canos (principalmente as conexões) acabam sofrendo erosão e quebram.

A substituição pode até ser feita de forma fácil, no entanto, é preciso a identificação exata do problema, além, é claro, do conhecimento necessário para a atividade.

Vazamento de esgoto

O vazamento de esgoto oferece as mesmas dificuldades que que de água limpa. No entanto, ele pode ser relativamente mais difícil de ser identificado e ser mais perigoso.

Vazamento de EsgotoNão é segredo para ninguém que o vazamento de esgoto conta com dejetos humanos e por isso tem bactérias perigosas e que, contaminam o solo, o meio ambiente, corpos d’água e o próprio ser-humano.

Identificar e resolver o vazamento de esgoto é uma questão de saúde geral e que precisa ter solução imediata.

O vazamento de esgoto traz graves complicações para o ambiente onde a pessoa vive.

  • Erosões no solo;
  • Falhas na estrutura da casa, principalmente no chão e na parte de baixo de paredes;
  • Cheiro forte e desagradável de esgoto que pode se alastrar para toda a casa;
  • Contaminação do solo, de lençóis freáticos e até mesmo do ar, dependendo da severidade do problema;
  • Riscos direto para a saúde dos moradores do local.

Como o esgoto que não passa pela saída para a rua não é cobrado pela “passagem” pelo cavalete, também não há como notar o vazamento por causa da alteração no valor cobrado no final do mês.

Como dissemos não é algo tão fácil de ser feito, principalmente com quintais completamente concretados ou se o vazamento for embaixo da casa sem si.

O primeiro sinal visível de um vazamento de esgoto está no acúmulo de umidade em um local específico. O aumento de umidade pode causar o aumento de musgos no solo. Portanto, manchas verdes de musgo onde não é comum pode ser um dos primeiros sinais de um vazamento inicial.

Se um local do solo começou a apresentar muito musgo, talvez ali haja um problema e é necessário fazer uma averiguação do que está ocasionando as manchas.

Vazamento de piscina

Por fim temos o vazamento de piscina, também outro grande causador de grandes prejuízos e de grandes problemas estruturas depois de muito tempo.

Vazamento de PiscinaO grande problema da piscina é simplesmente a dificuldade de descobrir onde está o ponto do vazamento, simplesmente porque é uma área muito grande onde pode acontecer os defeitos, além dos equipamentos e tubulações ligadas a estrutura.

O pior é que, pelo grande número de água que fica na piscina, é quase impossível perceber que o nível está caindo com o passar do tempo.

No entanto, mesmo que não notamos, uma pequena rachadura é capaz de desperdiçar milhares de litros de água em questão de horas. Isso não só é um grande desperdício de dinheiro, mas também pode causar problemas na estrutura em volta da piscina.

Enquanto os problemas podem acontecer em canos quebrados ou até mesmo por defeito no filtro e nas peças de passagem de água, o mais comum é que o vazamento esteja acontecendo por dano estrutural.

Um simples defeito no rejunte da piscina é capaz de jogar fira milhares de litros de água.

Esse com certeza é o tipo de vazamento mais difícil de ser detectado e diagnosticado com precisão. Muitas vezes, o dono da estrutura só percebe quando já é tarde demais e começa a ter prejuízos estruturais.

Existem diferentes maneiras de tentar descobrir um vazamento em piscina, no entanto, a ajuda profissional, com equipamentos especializados, é a única certeza de que o problema vai ser encontrado de forma certeira.

Infiltração de água também é um grave problema

A infiltração de água, que pode ter origem em algum vazamento, também é um grave problema, esse, muito mais endêmico de diferentes tipos de estruturas. As infiltrações prejudicam principalmente o acabamento de imóveis e pode causar graves prejuízos, principalmente quando é infiltração na laje.

Infiltração de ÁguaUm pouco mais fáceis de serem encontradas do que os vazamentos de água limpa e esgoto, a infiltração é definitivamente mais difícil de ser resolvida e pode causar muita dor de cabeça.

Deforma bem simples, as infiltrações são basicamente a entrada de água externa para a parte interna de um ambiente. No entanto, como sabemos, durante essa passagem de água, ela estraga a alvenaria e acaba com tintas, rejuntes, papeis de parede, rebocos e chapiscos.

A água é um inimigo natural de diferentes tipos de materiais, incluindo o concreto, a argamassa, rejuntes e para os próprios tijolos. Com o tempo, a infiltração vai enfraquecendo estruturas, sem exageros, pode derrubar uma parede ou um pedaço do acabamento do teto.

Claro, esses não são os únicos problemas causados por esse tipo de falha estrutural. A água pode, ao escorrer pela parede e ir até tomadas e interruptores, além de poder molhar equipamentos elétricos.

Não é preciso dizer qual é o efeito da água nesses equipamentos elétricos, não é mesmo? Por isso não é difícil entender como a infiltração de água pode causar diferentes prejuízos e de diferentes maneiras.

Infiltração no piso

A Infiltração no piso é bastante comum, ela pode estar ligada com o vazamento de água em alguma parte do subsolo ou simplesmente uma falha na manta impermeabilizante aplicada antes da construção do radier.

As falhas no impermeabilizante podem fazer com que a umidade do solo possa passar para o piso e começara afetar o piso. Como é de se imaginar, por ser um problema abaixo do chão, é bem difícil notar que o problema está acontecendo com antecedência.

Mas existem vários sinais que indicam que os pisos podem estar sendo afetados por infiltrações.

  • Pisos ocos: Um dos principais sinais de que há uma infiltração logo abaixo do piso e que está afetando essa estrutura é o piso oco. Aos poucos a infiltração acaba causando erosões na argamassa abaixo do piso eles ficam com vãos entre eles e o chão. Bater levemente neles vai produzir um barulho característico de objeto oco.
  • Pisos soltos: Com o tempo, caso o problema não seja devidamente solucionado, as erosões aumentam e os pisos começam a soltar com a falta da argamassa. Esse é um sinal de que o problema já perdura por um bom tempo.
  • Rejuntes soltos ou umedecidos: Os rejuntes também vão dar sinais de que existe algum tipo de infiltração logo abaixo dos pisos. Mas como eles são pequenos detalhes, é preciso ficar atento. O principal sinal é quando o rejunto sai facilmente com qualquer ferramenta e tem aparência de úmido.

Infiltração na parede

A infiltração na parede é tão problemática quanto aquelas que acontecem nos pisos. Porém, elas possuem ainda mais poder destrutivo, já que pode afetar com mais facilidade a pintura da parede e até mesmo arrancar o reboco, massa corrida e papeis de parede.

Esse tipo de infiltração pode acontecer por causa da chuva e também tem a ver com filhas na impermeabilização do ambiente. No entanto, não é só a chuva que causa esse tipo de problema.

A umidade do solo também pode afetar a parede, já que ela “sobe” do solo para a parede já que a alvenaria tem tendência de absorver a umidade.

Os principais sinais de infiltração na parede são:

  • Sinais de defeito na Tinta: Tinta da parede úmida ao toque. Ela também costuma sair com facilidade ao raspar com um objeto afiado ou então com as próprias unhas.
  • Manchas: As manchas de diferentes tipos podem ser um grande indicador de que há infiltração nas paredes. Em tintas brancas e claras é mais fácil de notar os tons mais escuros da umidade.
  • Mofo: Caso as manchas de umidade sejam negligenciadas por muito tempo é possível que o mofo comece a surgir em um local, assim como o musgo e até alguns cogumelos e outras plantas do tipo em casos mais extremos.
  • Tinta formando bolhas ou “estourando: A umidade faz a tinta estufar e soltar da parede. Quando a água evapora, a bolha fica ou então estoura deixando um buraco. Esse é um problema comum nas tintas acrílicas com base em solvente.
  • Reboco apodrecendo e caindo: A água enfraquece o cimento utilizado no reboco e ele acaba apodrecendo e caindo depois de um tempo.
  • Trincas e rachaduras no reboco: A água causa expansão que acaba trincando parte da alvenaria.

 Infiltração na laje

Por fim temos a infiltração na laje, que também pode dar muita dor de cabeça para o dono do imóvel. Ela possui muitas semelhanças com a infiltração de parede, representando sinais parecidos. No entanto, como é no teto, a água pode acabar se tornando uma goteira.

Em situações mais críticas, em dias de chuva pode “chover mais dentro do que fora”. Como é de se imaginar, esse é um grande inconveniente para todos os que estão no local.

Existem vários riscos da infiltração na laje. Existe o risco direto, como por exemplo a queda de pedaços do acabamento, caso seja de gesso, ou então até mesmo da parte de concreto da estrutura.

A infiltração na laje ainda tem o agravante de que ela pode originar infiltrações nas paredes, já que a água pode escorrer por ela.

Os principais sinais para detectar vazamento em lajes:

  • Aparecimentos de manchas e bolhas na tinta: Esse é um dos principais sinais, as bolhas e manchas começam pequenas e aumentam com o tempo;
  • Manchas verdes de mofo e goteiras começa a surgir: Esse é um estado mais avançado do problema e significa que o vazamento já existe a um tempo considerável;
  • Rachaduras começam a aparecer e aumentar: O sinal mais preocupante de todos é o surgimento de rachaduras e o fato de aumentarem. Nesses casos o problema deve ser sanado o quanto antes;
  • Goteiras: As goteiras são um clássico sinal de que há algum problema na impermeabilização da estrutura.

Confira aqui como identificar e resolver infiltração na laje de apartamento.

Qual a solução?

Infelizmente, a solução para as infiltrações é mais complicada do que parece. É preciso identificar o ponto exato da falha por onde a água está entrando e então estudar qual vai ser a melhor solução para o caso específico.

Em alguns casos, a aplicação de um novo impermeabilizante pode resolver a situação. Em outros é necessária uma pequena reforma.

Nesses casos, a ação preventiva é sempre melhor, aplicando de forma correta as barreiras contra umidade nas paredes e no solo, além de cobrir a laje com telhado.

Riscos e prejuízos causados pelo vazamento de água

Como dissemos, existem diferentes prejuízos e riscos causados pelo vazamento de água. O imediato é com certeza o gasto financeiro com a água que está sendo desperdiçada. É difícil calcular o quanto um cano vazando pode custar no final do mês, por causa das muitas variáveis desses problemas.

No entanto, é possível tentar determinar, basta pensarmos que uma torneira pingando é capaz de desperdiçar até 100 litros de água por dia. No final do mês, são mais de 3.000.

Considerando que muitas vazamento são bem mais sérios que um gotejamento, é fácil que uma falha na rede alcance a casa de 4 a 5 mil litros desperdiçados em um único mês.

No final das contas, esse pode ser um prejuízo que pode acabar prejudicando completamente o orçamento de uma família ou até mesmo de uma empresa.

Não é incomum encontrar casos de pessoas que acabam se prejudicando financeiramente por causa de um vazamento que não foi encontrado e resolvido com antecedência e a conta ficou cara demais.

Do outro lado, temos os muitos danos causados á estrutura de um imóvel, como já citamos durante o texto.

Como prevenir o vazamento de água

Prevenir o vazamento de água não é uma tarefa fácil, afinal, não há muito o que pode ser feito para resolver esse problema. Quando o sistema hidráulico de um ambiente é construído, dificilmente pensamos sobre ele por muito tempo, já que é algo que fica escondido e até inacessível.

A principal parte da prevenção vem na hora da construção de um sistema hidráulico de acordo com as muitas recomendações encontradas pelo mercado. É importante também usar tubos e conexões de qualidade que garantam um funcionamento por um bom tempo.

Os canos também devem ficar protegidos das ações do tempo, principalmente em relação ao sol, que pode acabar ressecando os canos.

No mais, os vazamentos acontecem com o tempo, já que todo material possui um tempo de vida útil que eventualmente é alcançado.

Um tipo de vazamento comum é aquele que causamos acidentalmente, bem comum quando tentamos colocar um parafuso ou prego na parede e furamos o lugar errado. Para evitar esses acidentes, não faça nenhum furo em paredes sem possuir a planta hidráulica ou a certeza de que nenhum cano passa por ali.

Há também os vazamentos no vaso sanitário, que podem ser causados por desgaste nas peças de vedação ou má regulagem. Também é um problema comum e que acontece com o tempo e que precisa de consertos periódicos.

Como detectar o vazamento de água

Existem diferentes maneiras de detectar o vazamento de água! Mas calma, não se preocupe e pense logo no quebra-quebra. As maneiras para determinar o ponto exato de um vazamento já evoluíram bastante nos últimos anos e permite uma detecção exata, sem bagunça e sem prejuízos.

O quebra-quebra ficou para trás, e os muitos equipamentos encontrados hoje são seguros e muito mais práticos.

Caso você esteja em dúvida se já ou não um vazamento em um imóvel, existem alguns testes rápidos antes de chamar uma empresa especializada.

  • O primeiro e mais simples dos testes é a verificação do registro. Basta desligar todas as torneiras e saídas de água e observar se o registro ainda marcar passagem de água, existe algum vazamento.
  • Para determinar o vazamento em caixa d’água faça uma marca no atual nível de água e deixe todas as torneiras desligadas, assim como o registro geral. Após duas horas verifique o nível novamente. Se ele tiver abaixado do que estava marcado, existe um vazamento entre a caixa e as torneiras.

Também é importante verificar se há vazamentos nas torneiras e também no vaso sanitário. Esses são testes simples e que podem ser feitos a olho nu, bastando uma rápida inspeção com bastante atenção.

Uma vez constado que o vazamento realmente existe, é hora de procurar o local exato para poder realizar o reparo necessário.

Esse procedimento depende de alguns produtos que contam com tecnologias de localização diferentes e que com certeza vão facilitar muito o procedimento. Para não ter dor de cabeça e maiores prejuízos, chame a Esgotecnica Caça Vazamento.

Tecnologias que ajudam a detectar vazamento de água

Uma vez que o vazamento esteja detectado em um ambiente, existem várias tecnologias que podem ajudar a determinar o local exato de onde a água está vazando. Atualmente as tecnologias permitem uma detecção perfeita, até mesmo em canos que estão há alguns metros da superfície.

Tudo isso sem a necessidade de quebrar um único piso ou danificar o acabamento da alvenaria antes de encontrar o ponto certo. Isso minimiza consideravelmente o quanto é gasto para realizar a detecção e consequentemente o reparo.

Isso diminui não apenas o quanto foi necessário gastar para acabar com o vazamento, mas em alguns casos, evita grandes gastos com obras. Principalmente em casas mais antigas, ou com uma decoração mais personalizada, é necessário trocar todo o piso caso o azulejo e porcelanato seja muito danificado.

Ao minimizar esses danos, é minimizado o custo desse toda a operação e no final das contas, utilizar serviços especializados acaba saindo muito mais barato do que tentar solucionar tudo em casa, sem a ajuda de profissionais ou sem os equipamentos devidos.

São muitas as opções de tecnologias para encontrar vazamentos de água em diferentes partes de uma tubulação e até mesmo na piscina. Confira alguns dos que são utilizados pela Esgotecnica e nossos profissionais:

Geofone para detecção de vazamentos

Empresas modernas e sérias, possuem no mínimo equipamentos de detecção de vazamentos por emissão de som, como os geofones, mesmo que dos modelos mais simples.

Esses equipamentos garantem uma detecção mais precisa e sem a necessidade de quebrar qualquer parede antes de encontrar o problema.

O funcionamento do Geofone é bem interessante. Ele possui um sistema simples, apenas com o operador e o equipamento.

O geofone possui um detector de vibrações e ruídos com uma haste que vai até a um fone, por onde o operador humano interpreta todos os ruídos e vibrações para tentar entender onde está o vazamento.

Isso é feito encostando o detector em paredes e no solo, o ruído vai indicando se ele está próximo ou longe de uma fonte de vazamento e através dessa aproximação é possível encontrar o local do defeito.

A precisão do equipamento é realmente incomparável em relação aos métodos tradicionais. Com certeza, essa é uma excelente forma de preservar todo o seu patrimônio e evitar os riscos causados pelos vazamentos de água.

Existem um pensamento errado de que o geofone não é eficiente durante o dia (por causa do barulho do ambiente). No entanto, o equipamento é sim capaz de funcionar de forma efetiva e precisa até em locais movimentamos.

Vídeo Inspeção e filmagem

Existem também tecnologias que utilizam câmeras e para visualizar e até mesmo gravar o interior de canos. Esse tipo de tecnologia (vídeo inspeção) é muito utilizado na detecção de vazamentos em canos de esgoto.

Esse tipo de inspeção é bastante profissional e é recomendada para casos mais específicos e diferenciados, onde é necessário um laudo ou então imagens que mostrem e comprovem o defeito.

Com equipamentos selecionados e de alto padrão, conseguimos encontrar todos os problemas das tubulações com alta precisão. Podem ser identificados: Ferrugem, rachaduras, tubos quebrados, raízes, ligações clandestinas etc.

Todas falhas e imperfeições da rede de tubulações pode ser descoberta com o serviço de vídeo inspeção.

A câmera de inspeção transfere a imagem de dentro da tubulação para uma tela de LCD manuseada pelo encanador, tudo isso em tempo real. Assim o encanador pode ver por onde a câmera está passando e o que está acontecendo dentro do cano.

As imagens também são gravadas para um relatório mais completo, além de servir como prova de serviço para o cliente.

Como prova de defeito, pode ser gerado um laudo, muito utilizado em certos tipos de disputas, como por exemplo, para determinar se o vazamento está no cano que pertence a uma unidade ou ao prédio.

Correlacionador de ruídos

O correlacionador de ruídos é uma tecnologia, que como o nome já indica, permite que uma série de censores correlacione diferentes ruídos para realizar uma triangulação do possível local de um vazamento.

O correlacionador de ruídos é capaz de detectar os pontos de vazamentos via rádio, com a propagação de sinais de rádio através da rede hidráulica.

O correlacionador de ruídos é um equipamento eletrônico do grupo dos geofones, e pode calcular com grande precisão o ponto onde está ocorrendo o vazamento, através de sensores que transmitem os sinais ruídos através da rede que, ao serem captados pela central, indicam os pontos críticos do sistema.

Quando o ponto de vazamento é localizado, o técnico efetua as medições e, baseado nas informações disponibilizadas pelo correlacionador de ruídos, marca o local. A partir disso, é possível realizar o procedimento de reparo no local exato, com prejuízos minimizados e eficiente potencializada.

Termografia

A termografia, como o nome já indica, utiliza leituras termográficas para conseguir determinar a temperatura de diferentes superfícies em um ambiente. Como é de se imaginar, um vazamento de água muda a temperatura de uma parede ou até mesmo do chão, mesmo que apenas um pouco.

Com os equipamentos de termografia é possível pegar essas diferenças e conseguir identificar o local de vazamento com muita precisão.

A técnica consiste no uso de câmera especiais que possuem sensores ultrassensíveis para a radiação infravermelha. Esta radiação, apesar de não ser visível aos invertebrados, é compreendida como calor.

Portando, a câmera basicamente faz imagens de calor de um ambiente ou equipamento. Essas imagens ajudam a notar padrões de calor em ambientes ou picos de temperatura. Também é possível notar quando uma área está mais fria do que deveria.

Vale mencionar também que a termografia possui muitos outros usos.

Na parte de elétrica, é possível encontrar curtos circuitos e superaquecimento de fios e equipamentos, evitando futuras falhas e possíveis curtos que poderiam causar danos graves para o imóvel. Pela temperatura também é possível determinar se algum aparelho está consumindo mais energia do que deveria.

Outro ponto bem interessante é que é possível usar estes equipamentos para buscar vazamentos de ar condicionado do ambiente.

Reparos de vazamento de água

Claro, o primeiro passo é a detecção do vazamento, depois é necessário realizarmos o reparo. Novamente, cada tipo de vazamento vai necessitar de um reparo diferente. Mas de forma geral, é possível falar sobre alguns reparos básicos encontrados no dia a dia.

Lembrando que é importante ter o conhecimento necessário para realizar esse tipo de reparo de vazamento. Isso porque é preciso entender quais peças devem ser compradas, quais ferramentas devem ser usadas e como o procedimento deve ser feito de forma geral.

Existem diferentes termos e detalhes que são necessários para conseguir realizar o procedimento necessário. Por isso, contar com os profissionais da Caça Vazamento Esgotecnica é a sua melhor opção para todos os momentos e para com todos os problemas!

Reparo de vazamento em cano

Uma vez que um cano que tenha um vazamento seja corretamente identificado, é preciso fazer a substituição da parte que está com defeito.

Reparo de Vazamentos

Caso o vazamento seja nas conexões, é preciso cortar o cano bem rente à peça com defeito e, possivelmente, tentar substituir a conexão sem muita dificuldade. Em alguns casos, é necessário utilizar luvas (uma peça de emenda) e pedaços de cano para conseguir refazer a conexão sem “faltar” pedaço.

Caso o vazamento esteja diretamente no cano, o que é mais raro, é preciso remover a parte que está com defeito e colocar um novo pedaço.

Para isso, é cortado a seção que está com o furo e é utilizado luvas de conexão e um novo pedaço de cano para fazer a emenda.

De forma geral, esses reparos são simples e fáceis de serem realizados, quando há conhecimento sobre esse procedimento e uma rápida detecção do ponto de vazamento.

Conserto de vazamentos em torneiras e vasos

Outro ponto onde comumente há vazamentos são as torneiras e também os vasos sanitários. Problemas de regulagem ou simplesmente deterioração natural das peças de contenção.

Essas peças acabam dando defeito com o tempo e, por mais que parece um defeito pequeno, esses vazamentos podem gerar grandes prejuízos, assim como o vazamento em canos.

No caso das torneiras, o conserto do vazamento pode ser feito ao trocar um conjunto de peças chamado de “reparo”.  Essa é a parte da torneira responsável por realizar a contenção da água e precisa ser trocada de forma constante.

Também é um reparo muito simples de ser realizado por pessoas que entendem de manutenções desse tipo.

No vazo sanitário, o vazamento pode muitas vezes ser resolvido com um rápido ajuste na boia ou no sistema de contenção de água.

Reparo de vazamento em piscina

A piscina pode possuir uma série de diferentes defeitos que ocasionam o vazamento de água. Uma vez identificado o problema, é preciso analisar qual o tipo do material utilizado na piscina e qual é o tipo de dano que está causando o vazamento.

Existem piscinas de vinil, alvenaria e a de fibra, cada um possui um reparo completamente diferente e que vai depender da análise técnica para determinar o que deve ser feito caso o vazamento esteja no corpo da piscina.

Em casos mais simples, uma simples troca do rejunte pode resolver um problema. Em outros casos pode ser necessário trocar parte da alvenaria ou realizar serviços de reparo na fibra que pode estar com defeito.

Vale lembrar que as piscinas também possuem canos, que liga a estrutura ao sistema de drenagem e bomba. Por causa disso, é muito importante também verificar o vazamento nesses canos e também no maquinário.

Leia aqui sobre Como detectar e consertar vazamento de piscina.

Economize água e dinheiro

Como falamos durante este texto, o vazamento de água pode causar um grande prejuízo para uma residência ou até mesmo para um comércio. É possível acabar desperdiçando muito dinheiro em apenas um mês, além é claro, de desperdiçar água, que é o maior bem da humanidade.

Por isso, é importante contar sobre com a atenção para notar se há possíveis vazamentos na sua rede hidráulica que pode estar causando problemas de vazamento e fazendo você perder muito dinheiro.

Para o seu bem econômico e para o bem do meio ambiente, caçar vazamentos e realizar o reparo é fundamental.

A responsabilidade, geralmente, fica toda por conta do morador, que precisa estar atento á sua propriedade e principalmente ao consumo de água mensal de sua residência e comércio.

O que fazer com o aumento da conta de água?

Notou que a conta de água está aumentando demais? Bom, é importante primeiro de tudo tentar encontrar o problema o quanto antes para cortar o mal pela raiz e evitar ainda mais prejuízos.

Vale notar que não há como contestar a conta caso o vazamento comprovado esteja dentro da responsabilidade do morador. O que pode ser feito é uma negociação do valor, o que muitas empresas permitem.

A contestação pode ser feita apenas se não for detectado nenhum vazamento e a conta continua a vir com valores altos ou ainda está aumentando. Veja como contestar conta de água alta por motivo de vazamento.

Com o laudo constando que não há vazamentos na propriedade, o morador deve notificar a empresa de abastecimento (em São Paulo a SABESP) que existe algum problema por parte deles.

No entanto, quase sempre, o problema é encontrado do cavalete para frente, o que é determinado por contrato e por lei que é de responsabilidade total do morador do local.

Com isso, a sua atenção em qualquer alteração é a sua melhor ferramenta para se proteger desses problemas.

Conte com a Caça Vazamento

A Esgotecnica Caça Vazamento conta com uma equipe profissional treinada e com os melhores equipamentos para garantir um serviço de caça-vazamentos rápido, preciso e completamente seguro.

Esgotecnica Especialistas em Caça Vazamentos from Esgotecnica on Vimeo.

Ao notar que a sua conta de água está muito alta, entre em contato com a gente que realizados a busca pelo vazamento, potencialmente te ajudando a economizar muito no fim do mês.

Utilizamos equipamentos modernos de caça-vazamento através de sinais sonoros, conhecidos como geofone. Eles evitam o quebra-quebra desnecessário e oferecem uma precisão excelente, encontrando o ponto exato do vazamento.

Os vazamentos são problemas graves e que precisam de diagnóstico e correção o mais rápido possível. Por isso estamos prontos para atender nossos clientes 24h por dia e todos os dias da semana!