Como economizar água detectando vazamentos


Não é segredo para ninguém a necessidade de se economizar água. Porém, até mesmo economizando começamos a notar um consumo alto no final do mês quando chega a conta.

Muitas vezes as pessoas acham que precisam economizar ainda mais. Mas o problema pode ser bem diferente.

Em muitas situações o alto consumo pode estar ligado a vazamentos no encanamento.

Vazamentos são um dos principais causadores do alto consumo de água. Infelizmente esse é um mal difícil de ser detectado.

Detectar e consertar um vazamento mudará drasticamente o valor da conta de água de um local, além de também ser uma maneira de ajudar a proteger o meio ambiente.

O quanto um vazamento pode desperdiçar?

Vazamentos nem sempre são grandes buracos no cano que podem ser facilmente percebidos. Eles podem ser pequenas falhas, tão pequenas quanto 2mm, quase invisíveis.

Porém, quando se trata de vazamentos, não precisa de um buraco enorme para desperdiçar uma quantidade absurda de água.

Para se ter uma ideia um buraquinho de 2 milímetros (quase o tamanho de uma ponta de lápis), é capaz de desperdiçar até 3,2 mil litros de água em um único dia.

A maioria dos vazamentos é maior do que apenas 2 milímetros e ainda assim não são fáceis de detectar.

É importante ter um olho bem analítico e guardar os dados de consumo das contas para fazer um comparativo.

Sempre que notar um valor que você acha que não representa o real consumo da residência é hora de começar a desconfiar dos vazamentos.

Então como economizar evitando vazamentos?

É fácil entender como os vazamentos podem representar um grande desperdício na sua conta.

Ao identificar e corrigir esses problemas não só haverá uma grande economia de gastos no final do mês, mas também haverá uma enorme economia desse importante recurso natural.

Como saber se há vazamentos em casa?

Os vazamentos geralmente acontecem no subsolo, por isso é tão difícil identifica-los. Além do subsolo os locais mais comuns de apresentarem vazamentos são:

  • Vaso sanitário;
  • Conectores que ligam torneiras internas e externas;
  • Canos próximos ao cavalete de água;
  • Canos em paredes;

Aprenda como detectar cada tipo de vazamento:

O primeiro teste que deve feito para vazamentos

O primeiro teste a ser realizado para saber se há ou não um vazamento é fechar todas as torneiras e travar a bomba da caixa d’água e então observar se o registro continuam se movendo.

Se ele estiver movendo o “relógio”, então existem um vazamento.

Detectando vazamentos no subsolo

Saber que há um vazamento é o primeiro passo. Depois é hora de descobrir onde está esse vazamento.

Para detectar vazamentos no subsolo existe um teste simples. Ainda com todas as torneiras fechadas e com a bomba da caixa travada, encha um copo de água e vá até a torneira com alimentação da rua mais afastada do cavalete.

Coloque o copo de água na boca da torneira e abra ela.

Se o nível da água começar a descer então há um vazamento no subsolo. Infelizmente esse tipo de vazamento é o mais difícil de detectar, necessitando de equipamentos geofone.

Como saber se há vazamentos nas paredes

Vazamentos em canos nas paredes são geralmente os mais fáceis de serem notados. São características desses vazamentos:

  • Mofo na pintura;
  • Pintura descascada;
  • Rachaduras;
  • Parede húmida.

São “sintomas” bem visíveis na estrutura da casa. É fácil de notar o vazamento e o ponto exato onde está o defeito.

Vazamentos em conectores

Os conectores em T ou cotovelo, costumam dar muito defeito com o tempo. Por isso as torneiras são as que mais sofrem com vazamentos.

Para saber se há vazamento no conector de torneira externas, basta verificar se a terra em volta dela está molhada. Se for preciso faça um furo no concreto para tentar ver se há um vazamento.

Não é recomendado tentar checar por vazamentos dessa maneira, pois é possível piorar a situação furando ainda mais o cano.

Para esses casos o aparelho geofone também é a melhor opção.

Como verificar vazamento em vasos sanitários

Tanto os vasos com caixa acoplada quanto os vasos com válvula hidra sofrem de vazamentos recorrentes.

Existem dois testes simples que podem ser feitos para detectar vazamentos no local:

  • Coloque café ou cinzas de cigarro dentro do vaso. Caso o pó/cinza assente no fundo da porcelana, não há vazamento. Caso o material fique em constante agitação, há vazamentos.
  • Outra maneira, mais segura, é esvaziar completamente o vaso sanitário com a ajuda de um copo descartável e luvas de proteção. Após vazio observe por alguns minutos. Caso o vaso comece a encher novamente, há vazamentos.

Para esse tipo de vazamento a solução está no ajuste da válvula hidra ou então da caixa acoplada.

Quando buscar ajuda especializada para vazamentos

Como dito, um vazamento é muito difícil de identificar dependendo de sua localização. Por esse motivo é sempre bom contar com a ajuda de profissionais com o auxílio de aparelhos especializados na caça de vazamentos.

Serviços de caça vazamentos não apenas vão ajudar a identificar e reparar o problema, mas irão fazer isso de forma mais prática e sem causar riscos para o resto da planta hidráulica da casa.

Precisa de ajuda profissional para encontrar e resolver vazamentos? Conte com a equipe altamente treinada da Esgotecnica.

Entre em contato com a gente e conheça nossas condições e serviços!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *